sábado, 28 de fevereiro de 2015

113. Atitudes incompreendidas

Luan: Eu vou direto ao assunto. O que você quer com a minha irmã? - falei firme cruzando os braços. 

Lucas: A gente é só amigo. 

Luan: Então porque cê disse que ia esperar pra conversar quando ela voltar de Londres? - Lucas ficou tenso e sabia que o intimidava. 

Lucas: É... - fez uma pausa procurando as palavras certas - Eu vou ser sincero com você. 

Luan: Por isso vim conversar contigo, quero a verdade. - me sentei no sofá e ele se sentou na minha frente. 

Lucas: Eu gosto da Bruna, não é amar, é algo especial mas não chega a ser amor ainda. - semicerrei os olhos e ele desviava constantemente o olhar nervoso. 

Luan: Mas não perdeu tempo para levá-la por maus caminhos né? 

Lucas: Aconteceu. - se justificou. 

Luan: Mas o que realmente você quer hein? - falei mais alto e ele me olhou assustado. 

Lucas: Eu quero uma chance com ela, sei que é difícil, porque estou estabilizando a carreira e tenho imensos shows, mas eu quero tentar, acho que a gente daria certo. 

Luan: Acha? Eu na sua posição teria a certeza. Você sabe que se eu quiser acabo com tudo isso né? - ameacei e ele apenas assentiu. 

Lucas: Mas sua irmã também merece ser feliz. - me desafiou. 

Luan: Com quem a mereça e lhe valorize, não com qualquer um que vive com a tentação 24 horas por dia. - ele riu irónico. 

Lucas: Até porque você não vive né? Do mesmo jeito que a Melissa confia em você, a Bruna confia em mim e posso te garantir que sou fiel. 

Luan: Deu pra perceber quando cheguei aqui. 

Lucas: A loira é filha do contratante, só veio tirar uma foto.

Luan: Então enquanto a Bruna estiver longe você não vai ficar com ninguém? Como se você aguentasse... - provoquei e ele suspirou fundo. 

Lucas: Nesse tempo estamos livres, quando ela voltar as coisas mudam se ela quiser. 

Luan: Eu não quero ver a Bruna sofrendo, se eu sei que ela está chorando pelos cantos por causa de você eu te capo rapaiz, tá me entendendo? - apoiei os braços nas pernas e o olhei sério. 

Lucas: Luan você é meu irmão, pra quê isso, confia cara. 

Luan: Por a gente ser irmão que tenho de estar mais em cima de vocês. Mas ela vai pra Londres e tenho a certeza que quando voltar vai tomar a decisão certa, que é continuar solteira. 

Lucas: Ela que decide, eu respeito a escolha dela. 

Luan: Estás avisado, pisa o risco e vai ter que se a ver comigo. - me levantei virando costas - Ah, e nada de a chamar para o quarto esta noite. - avisei e ele assentiu. 

Lucas: Cê ainda vai cantar uma comigo? 

Luan: Não, estou de férias. - dei de ombros e saí batendo a porta. 


Cheguei no camarote e Mel sorriu pra mim enquanto segurava Alice que só ria das brincadeiras que Bruna lhe fazia. A abracei pela cintura e beijei seu rosto delicadamente. 


Luan: Deixa o show começar que a gente vai se divertir. - lhe sussurrei e a senti arrepiar. 

Mel: Você não vai cantar junto? 

Luan: Não, prefiro ficar aqui com vocês. 


Não demorou muito para o Lucas entrar no palco. Bruna já estava com Alice no colo dançando devagar com ela. Foi aí que vi a oportunidade perfeita para colocar meu plano em prática. 


Luan: Vem comigo. - abracei Mel por trás. 

Mel: Agora amor? - falou manhosa. 

Luan: Agora. - peguei em sua mão e saímos de fininho para ninguém nos ver. 


Não a poderia levar para o camarim de Lucas porque a qualquer momento alguém poderia aparecer, me lembrei do banheiro do camarote. Teria de ser rápido para que ninguém interrompesse a gente. Assim que entramos no banheiro feminino fechei a porta e Mel me olhava. 


Mel: Vai ser aqui Rafa? 

Luan: Aham, cê queria em outro lugar? 

Mel: Pensei que fosse num local mais confortável. - se encolheu e me aproximei dela. 

Luan: Vai ser confortável amor, eu te prometo. - falei baixo e parti para um beijo intenso. 


A guiei até á parede fria e a ouvi grunhir um pouco. As minhas mãos foram percorreram as laterais do seu corpo e uma elevou a sua coxa á minha cintura. Mel estava de vestida o que me permitiu ousar e deslizar minha mão até a sua bunda enquanto marcava o seu pescoço do jeito que ela gostava, mesmo que depois reclamasse. Num impulso a puxei para o meu colo sentindo as suas pernas apertarem minha cintura. A levei ao balcão que tinha ali e a sentei enquanto beijos quentes e maliciosos eram trocados entre a gente. Mel abriu minhas calças e sem mais demoras a peguei novamente me sentando no banco que tinha ali com ela na minha frente. Não havia tempo para tirar peças de roupa nem para muitas preliminares. Baixei minhas calças e a cueca e afastei a sua calcinha a penetrando com cuidado mas com intensidade. Ela tentava conter os gemidos mordendo o lábio ou o meu ombro. 


Luan: Deixa amor. - falei ofegante. 

Mel: Rafa. - falou com a voz falha e intensifiquei os movimentos a vendo cair em meu ombro satisfeita. Continuei até eu me satisfazer e a porta do banheiro bateu. - Amor? - disse aflita. 

Luan: Estou quase Mel. - falei e cheguei ao meu limite selando os nossos lábios. 

X: Está alguém aí? - alguém perguntou do lado de fora. 


Rapidamente nos recompusemos e depois de Melissa lavar o rosto por estar vermelho abri a porta me deparando com aquela loira que conversava com Lucas no camarim. Peguei na mão de Melissa e saí rápido com ela enquanto ríamos da cara da menina. Quando chegámos na galera eles nos olharam desconfiados o que nos fez rir ainda mais. Adorava estes momentos de loucura com a Melissa, mesmo depois de ter a Alice ela embarcava nessas doideiras comigo, por isso seríamos sempre parceiros em tudo. Minha filha pediu colo e prontamente a peguei a enchendo de beijos. Mel pegou no celular e fotografou.




"Os amores da minha vida. Olhem que nenéns (ás vezes nem sei qual é mais neném kkkk) ♥"



Lucas ainda cantava e deu a batida da "Sogrão eu nem te conto" o que me fez fechar a cara e encarar meu pai lhe transmitindo a mensagem de "Eu te avisei". Meu pai deu de ombros e olhou Bruna que estava quieta apenas ouvindo. No estado normal dela ela estaria dançando e não quietinha. No fim do show fomos no camarim nos despedir do Lucas. 


Luan: Obrigado pela música pro meu pai Lucas. - falei provocador e cínico e ele se engasgou com a água que bebia. 

Lucas: Nã-não, Sr. Amarildo não era pro senhor não. - se desculpou rápido e ri baixo recebendo um olhar de reprovação de Melissa. 

Amrildo: Fica tranquilo Lucas eu sei que não foi pra mim. - colocou o braço nos ombros de Bruna que encarou o chão envergonhada. 

Luan: Tomara que não tenha sido mesmo, se não quem vai andar armado serei eu e não o meu pai. - falei sorrindo pequeno e Melissa me beliscou. - Ai amor. - disse baixo. 

Mel: Tá calado Rafa. - me avisou. 

Lucas: Fica traquilo Luan, eu percebi muito bem a mensagem na conversa que a gente teve antes. - o olhei furioso por ele revelar, não era para ele contar.

Bruna: Que conversa? 

Luan: Nada que você precisa saber. - falei rude olhando Lucas. 

Mel: Mas eu quero saber. - falou com braveza em meu ouvido. 

Mari: Vamos indo né meus amores, amanhã acordamos cedo para começar as férias neste paraíso.


No hotel Melissa vestiu o pijama em Alice e depois de a alimentar colocou-a pra dormir enquanto eu tomava um banho rápido. Quando saí Melissa entrou e logo saiu cheirosa se sentando ao meu lado na cama. 


Mel: Pode começar a falar. - ela não tocou no assunto desde que saímos do show mas sabia que não tinha esquecido. 

Luan: Amor não foi nada, apenas disse pra ele ter certeza do que queria realmente, que se ele fizesse a Bruna sofrer eu iria tirar contas com ele. - falei resumidamente omitindo a maioria dos factos.

Mel: Porque eu não acredito que foi só isso? - muié desconfiada é um bicho doido mesmo. 

Luan: Acredita, foi isso sim. 

Mel: Luan Rafael eu te conheço. - falou os dois nomes fodeu. 

Luan: Mas amor foi só, esquece isso e deita aqui de conchinha comigo. - pedi manhoso. 

Mel: Rafa. - suspirou fundo e me olhou tensa - Você já pensou procurar terapia para esses ciúmes exagerados? - sugeriu reticente e a olhei incrédulo. 

Luan: Eu não estou maluco Melissa. - me exasperei. 

Mel: Eu não disse isso, a terapia não é para malucos. Ela pode te ajudar em tudo, não só nisso. - justificou rápido. 

Luan: Não inventa coisa Mel, eu não vou procurar nenhum psicólogo não. - falei zangado e ela revirou os olhos - Que foi, não quer um noivo maluco é?

Mel: Você só exagera e embora tente se controlar acaba sempre por se revelar mais tarde ou mais cedo. Você disse que estava de boa e depois vai falar com ele? Porque não deixou as coisas quietas? 

Luan: Porque sabia que você ia ficar chateada caso soubesse. - revelei. 

Mel: Mas assim fico na mesma. - falou firme e cruzou os braços. 

Luan: Esquece isso de psicólogo, eu disse que ia me controlar né, eu vou, com calma e aos poucos. 

Mel: O David quando se lesionou sério lá no Benfica teve acompanhamento psicológico, não porque estava revoltado por não poder jogar ou coisa parecida, apenas para o ajudar a perceber que ele iria ficar bem. Rafa, você sabe que precisa disso, precisa de alguém para desabafar, que te vai fazer enxergar que você não pode controlar tudo e que tem de estar mais seguro de si próprio. - falava calma. 

Luan: Eu estou seguro de mim próprio. - falei convicto. 

Mel: Só estou querendo te ajudar. 

Luan: Então não fala essas coisas. - falei seco e me deitei apagando o meu abajur a ouvindo bufar. 



Mel On: 


Estava ainda sem acreditar que Luan fingiu estar tudo bem e depois foi tirar satisfações com o garoto. E conseguiu me levar na lábia dele. Mas isso era o menos, a atitude que ele teve quando lhe sugeri procurar ajuda psicológica foi a pior. Ele não aceitava que precisava de diminuir esse ciúme. Isso não seria bom para tudo aquilo que iríamos viver juntos ainda. Não sei até quando iria aguentar, se ele não procurasse ajuda por iniciativa dele eu mesma iria atrás de alguém que o ajudasse, mas deixá-lo desse jeito eu não deixaria. Ele falou grosso e se deitou de costas me deixando aqui com cara de paisagem. Fiz o mesmo mas não estava conseguindo dormir. Faltava o abraço dele, o cheiro dele em mim. Me revirei vezes sem conta na cama e o ouvi respirar pesado, talvez já tenha pego no sono. Sorrateiramente me enrosquei nele o abraçando por trás. Agora sim, eu poderia dormir tranquilamente, só espero que ele não entenda isto como se eu tivesse esquecido do que conversamos antes, porque continuava brava com ele. 
Acordei sozinha na cama e Luan já lá não estava. O vi na varanda pensativo observando o horizonte. Me levantei e fui ver Alice que se remexeu acordando. Aproveitei para a alimentar e depois lhe dar um banho e vesti-la. Também me arrumei e Rafa entrou no quarto cabisbaixo. 


Mel: Bom dia. - disse indiferente. 

Luan: Bom dia. A galera está esperando a gente pro café. 

Mel: Vou fazer a mala da Alice e já descemos. 

Luan: Eu vou descer já com ela, depois cê vai lá ter. - pegou em Alice

Mel: Mas é rápido Rafa. - falei para que ele me esperasse. 

Luan: A gente está lá em baixo Melissa. - disse seco e saiu me deixando sem entender a atitude dele mais uma vez. 




Boa noite amores! Luan conversou com o Lucas e o deixou avisado. A loucura com a Mel correu bem, só no finalzinho que foram interrompidos ahahah gostaram? Lucas falou demais e todos souberam que Luan foi falar com ele. Melissa tentou propor-lhe terapia mas ele não aceitou de boa. Como será que vão ficar as coisas com o nosso casal? E será que o Lucas ainda está no hotel e vai fazer o Luan ter uma crise? Comentem ! Beijocas e continuação de um bom final de semana <3

14 comentários:

  1. Esse Luan em, coitado do lucas ele tem que entender que bruna cresceu não é mais menina, Cara eles são muitos safados no banheiro do camarote ainda sai como se nada tivesse acontecido, Concordo com a Mel ele acha que vai conseguir se controlar mais um hora ele não vai aguentar e fazer de novo ele precisa sim de um psicólogo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele já compreendeu, mas quando ela estava com o Rafael, com o Lucas ele fica mais preocupado e com o pé atrás kkk Safadinhos né? Não cansam nunca kkkk Né? Será que ele vai aceitar se cuidar? Vamos ver *.*

      Eliminar
  2. Ooooooh Luan complicado em? Num deixa de ciumes nunca kkk Tadinha da Mel, aguenta tanta coisa do Luan e ele ainda com raiva por ela querer ajudar, ai ai. Será o que vai dar com esse climão no ar????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Né? Tadinha da Mel, tem de aturar esse ciúme todo e ele ainda tem essas atitudes kkk
      Coisa boa não será kkk

      Eliminar
  3. Mas o Luan não se aquieta! Só apronta. A Bruna tem muita paciência...
    Sabe o que eu percebi do teu Luan? Que ele é meio obcecado por banheiro kkkkk Todo banho dos dois é daquele jeito safado. Quando eles dois tem a oportunidade de fazer lá no camarote, pra onde ele a leva? Pro banheiro kkkk Sério, Luan tem fetiche por banheiro haha
    Cadê a Mari pra dar uns tapas no Luan?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah Até quando ela terá paciência?
      Sério? Não tinha reparado nisso, mas pensando bem cê tem razão, ele gosta muito do banheiro ahah deve ser por adorar água kkkk
      Cadê a Mari? kkkkk

      Eliminar
  4. Oi! Vc que é fã de david luiz? Não tem nada haver meu comentário e antes de tudo amei sua fanfic, me tira uma dúvida não entendi aquele vídeo em que ele apaga a linha rsrs, e pq estão falando que ele é trapaceiro?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :) sim sou fã dele sim. Falam que é trapaceiro por esse vídeo mesmo, porque o juiz marcou aquela linha para a falta ser marcada dali mas o David apagou ela é pintou mais ao lado para fazer o jeito ao colega kkkkkk mas mesmo não sendo nada de grave as pessoas têm de falar né ? Kkk

      Eliminar
  5. Olá

    Adoreiiiiii a tua fanfic , li-a desde o ínicio e podes contar com mais uma leitora a partir de agora :)


    Beijinhos


    Catarina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. P.S : Começei a seguir-te :)

      Eliminar
    2. P.S : Começei a seguir-te :)

      Eliminar
  6. Olá

    Adoreiiiiii a tua fanfic , li-a desde o ínicio e podes contar com mais uma leitora a partir de agora :)


    Beijinhos


    Catarina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Catarina *.* Muito obrigado ! Espero contar mesmo contigo de agora adiante ! Beijinhos enormes.

      Podes participar do grupo do facebook para ficar dentro de todas as novidades: https://www.facebook.com/groups/586685608125375/

      Eliminar
    2. Olá , nada que agradecer , já aderi ao grupo :)

      Eliminar